PLANTAS E ERVAS 

 

Primeiro é preciso identificar, conhecer bem a planta ou erva.

Não podem ser colhidas à beira de estrada com muito movimento de carros, nem em outros lugares poluídos.

A melhor hora para colher é entre 8 e 10 da manhã; não devem ser colhidas molhadas.

A melhor época também é importante:

Folhas, talos e flores: é bom colher no momento em que as flores se abrirem.

Para as raízes e rizomas: a melhor época de colheita é o outono-inverno, porque estão mais ricas em substâncias.

Ao colher, já colocar o nome da planta num cartão amarrado para não confundir depois de seca.

As plantas podem ser secadas na sombra, num forno brando ou ao sol nas primeiras horas apenas, porque senão perdem muita substância.

Devem ficar em lugar ventilado, aberto, suspensas sobre telas ou grades.

Depois de secas devem ser guardadas em caixas de papelão, vidros ou lata; é bom evitar o plástico.

Elimine todas as folhas secas e defeituosas e toda a sujeita antes de secar.

As sementes devem ser colhidas quando maduras.

Para fazer os remédios podem-se usar plantas verdes ou secas.

Quantidade: Coloca-se 4 a 5 colheres da erva picada em 1 litro de água.

Infusão: feita com folhas e flores. É feita despejando-se água fervida em cima e deixando em repouso 10 ou mais minutos.

Decocção: feita com raízes, cascas ou sementes; consiste em colocar estas partes dentro da água fria e ferver por 10 minutos. Depois deixar em repouso ainda 10 minutos antes de tomar.

Maceração: deixar as ervas ou raízes de molho na água, álcool, vinho ou pinga por bastante tempo; folhas, flores e sementes moles ficam 10 a 12 horas; talos, cascas e raízes ficam 16 a 18 horas e se forem duros ficam até 24 horas. Devem ser picados. Depois se usa em gotas.

Modo de usar: em média, se usa 2 xícaras de chá por dia. É bom tomar em jejum, ao meio-dia, ao por do sol e ao deitar.

As pessoas doentes devem tomar o chá morno ou quente, faz efeito mais rápido. Nunca faça o chá em vasilha de alumínio, pois é tóxico.  Prepare o chá na quantidade que vai tomar a cada dia.

ALECRIM - na debilidade cardíaca é excitante e tônico; usado contra gases intestinais, indigestão, nervosismo, menstruações irregulares e difíceis, histeria; banhos contra chagas e reumatismo. Chá feito com 5 a 10 g de folhas.

ALFACE - usado como calmante, contra insônia, ajuda ao estômago e nas vertigens; alface com malva combate a tosse e os catarros.

ALFAFA - é bom reconstituinte; o suco fresco é excelente contra raquitismo; contém muitas vitaminas; abre o apetite, é calmante dos nervos, combate a cistite crônica e o reumatismo; usado contra apendicite.

ALFAVACA - o chá é diurético, estimulante, sudorífico; prepara-se para gargarejos nas dores de aftas, angina; ajuda o estômago, os intestinos e elimina a areia dos rins.

ALFAZEMA - contra anúria, amenorréia, asma, afecções do fígado e baço, nervosismo, dores de cabeça, neurose cardíaca, ventosidades. As mulheres têm nela um regulador de menstruações.

ALHO - contra bronquite, gripe (alho com leite), evita congestão, ajuda baixar a pressão (usando-se de 20 a 30 gotas de tintura). Combate os vermes, tomado com leite ou limão; é febrífugo e usado contra diabete; alho com azeite alivia dores de ouvido. Combate areias e pedras da bexiga. É bom colocar sobre cortes e, quando se pisa em prego, é desinfetante.

ALMEIRÃO - evita perturbações estomacais; é bom para o fígado e rins; digestivo, brando laxativo e, como salada, é saudável.

ALOÉS (ou babosa) - é drástico para prisão de ventre, resolutivo posto sobre tumores, ajuda nas inflamações do fígado, do estômago; água com aloés em solução fraca serve para lavar ferida e os olhos.

AMEIXEIRA-DO-JÁPÃO - fruta amarela que se produz no fim do inverno; fruta-laxativa que combate a prisão de ventre, diarréia das crianças; das folhas se faz um bom xarope contra tosse; adstringente e emoliente; ajuda a baixar a pressão; depurativa, o chá das folhas combate gripe.

AMEIXA-PRETA - há mais de 150 espécies. É de uso mundial como laxativo, seja comendo algumas frutas, mesmo secas, ou fazendo chá delas; indicada na prisão de ventre.

AMENDOIM - as sementes são estimulantes e reconstituintes, torradas com açúcar, limão e água, dão um rico refrigerante; é bom as crianças comerem um pouco por dia, pois contém vitamina A, indicada para fortalecer a vista e a pele.

AMOREIRA - existe a preta, a branca e a vermelha; o suco é adstringente, combate com gargarejos as inflamações das amídalas, dor de dente e afecções da garganta; das frutas se faz um bom refresco; a casca da raiz serve para expulsar vermes (30 a 50 g por litro); o suco é usado para curar feridas e os males do fígado.

ANGELICO - chamado também de jarrinha ou cipó-mil-homens, indicado contra convulsões epilépticas, nevralgias, provoca suor, é bom na falta de apetite, digestões pesadas; combate a febre, provoca regras, desinflama os testículos.

ANIS - chamado de erva-doce, combate cólicas das crianças, diarréia crônica, provoca sono; evita desmaios, aumenta o leite das mães; é digestivo e contra azia; tem ação sobre o cérebro facilitando trabalhos intelectuais.

ARAÇÁ - usa-se cascas, folhas e raízes para combater diarréias, disenterias, doenças do coração, das vias urinárias e hemorragias.

ARATICUM - é tônico e adstringente; a polpa é boa para abscessos; a goma da casca e folhas são indicadas contra cólicas e diarréia, reumatismo e para aplicações internas e externas; a semente reduzida a pó com azeite combate os piolhos; útil nas doenças sifilíticas e verminoses.

ARNICA - é indicada nos traumatismos, golpes e ferimentos, machucaduras (aplicar e tomar); nevralgias, anemia, coqueluche, paralisia, hemorragias, para vias urinárias; em caso de derrame, reabsorve o sangue.

AROEIRA - não é aquela que causa alergias; indicada para banhos no reumatismo, dor ciática, diarréias e disenterias; adstringente, a casca é de valor contra feridas, tumores e inflamações em geral.

ARRUDA - combate os vermes, mata os piolhos (lavando-se a cabeça com chá bem forte), indicada para paralisias, nevralgias, gases intestinais; usada para regularizar regras suprimidas bruscamente, para lavar feridas, incontinência da urina; suco de arruda pingado no ouvido cura zumbido.

ARTEMÍSIA - indicada para o sistema nervoso, anemia, fraqueza em geral, fígado, provoca menstruações suprimidas, contra afecções uterinas, elimina os gases, combate a verminose.

ASSA-PEIXE (ou mata-campo) - contra gripe, tosses rebeldes, bronquites, contusões, hemorróidas e em banhos nas afecções do útero, pontadas no peito e nas costas.

AVEIA - fortificante para crianças e velhos; indicada contra gota, doenças do aparelho urinário e fraqueza em geral; alimento ideal para os que sofrem de pressão baixa.

BABOSA - veja Aloés.

BANANEIRA - a fruta é ótimo alimento; com a água do tronco, tomando-se um litro por dia, cura-se a icterícia; fortificante geral, com o suco cura-se feridas, asma e é contra veneno.

BARDANA - provoca suor; é diurética, contra as moléstias da pele, usa-se suco da raiz com alho para curar feridas, sífilis; folhas untadas com azeite são usadas no reumatismo. Ótimo remédio nas congestões do estômago.

BATATA-DOCE - suculenta e nutritiva; folhas e batatas são emolientes; a massa crua ou cozida pode ser colocada sobre tumores, gota, reumatismo; o cozimento das folhas é usado para gargarejos nas inflamações da boca e garganta e faz bem aos rins. Chá das folhas elimina colesterol.

BATATA-PURGA - contra cólicas, diarréia, febre, sífilis, dores reumáticas; é depurativa do sangue, purgativa; dose alta é venenosa.

BATATA-INGLESA - crua e ralada serve contra inflamações, abscesso, picadas de insetos, reumatismo local, queimaduras; promove e restabelece as regras. Seu suco puro ajuda curar as úlceras do estômago.

BERGAMOTA (ou mexerica) - extrai-se a essência das flores que é estimulante; da casca se faz um tônico, indicado contra gases; o chá das folhas é digestivo e também calmante, ajudando a fazer dormir as crianças (calmante dos nervos); 5 a 6 sementes esmagadas, postas em água, ajudam a baixar a pressão.

BERINGELA - as folhas são usadas como cataplasmas; o chá das folhas aumenta a urina e elimina os cálculos da bexiga.

BOLSA-DE-PASTOR - indicada para doenças da pele, eczemas, coceiras, erupções, feridas, úlceras, tumores, cancro, sífilis, cura supuração do ouvido, corrige menstruações abundantes; poderoso adstringente, contra qualquer hemorragia, contra vômitos, ajuda a levantar pressão baixa (chá de 30 g por litro).

BOLDO-DO-CHILE - tônico, contra afecções e cálculos do fígado, prisão de ventre, gases intestinais, digestão difícil, dá sono suave, combate febres; usa-se três xícaras por dia.

BUCHA-DOS-PAULISTAS - chamado também de "esfregão"; o caule e folhas são indicados para perturbações do fígado, prisão de ventre, suspensão de regras, clorose (tipo de anemia); o fruto novo é comestível quando cozido; as sementes são vermífugas.

BUCHINHAS-DO-NORTE - o chá é purgativo e expectorante; é usado nas afecções urinárias e contra sinusite (aspira-se o vapor da planta) e pinga-se o chá morno no nariz; é tóxica, deve-se usar dose fraca.

BUXO (Buxus sempervirens) - o chá das folhas é indicado contra asma, sífilis e reumatismo; indicado contra os vermes do sangue, tomando-se o chá em jejum, que é feito com tantas folhas quantos anos a pessoa tem, mais dez, não passando de 40 folhas, um dia da semana e três semanas seguintes (durante o dia tomar à vontade um chá depurativo do sangue); o chá das folhas é bom para os que urinam na cama e para evitar queda do cabelo.

CABELO-DE-MILHO - poderoso diurético, contra afecções da bexiga e rins, cistite, areias dos rins, dores ao urinar, albuminúria; usar o chá feito com os cabelos do milho.

CACAU - com a manteiga do cacau cura-se os lábios, peles e seios rachados, hemorróidas; tira-se manchas do rosto; é tônico, combate doenças do coração.

CACTO (ou tuna) - estimulante cardíaco e medular combate fraqueza do coração, angina do peito; contra reumatismo, moléstias do aparelho digestivo; melhora o sistema circulatório.

CAJUEIRO - o suco é diurético, indicado contra fraqueza em geral; a casca é eficaz contra diabete; o sumo é usado em gargarejos, tosses secas, doenças da pele; é tônico genital e afrodisíaco.

CALÊNDULA - é excitante, usa-se em espasmos, é antiabortiva, contra afecções nervosas, calos, pólipos, verrugas; é poderoso antisséptico contra infecções; usada em sabonetes e pomadas, contra feridas cancerosas, combate qualquer alergia; é usada também para gargarejos.

CAMBOATÁ - acalma o coração, é tônico, é febrífugo, é indicado contra afecções do fígado; dá ótimo efeito nos males da bexiga, estômago, tomando o chá das folhas depois das refeições.

CAMOMILA - contra indigestões, gases, é tônico, contra debilidades do estômago, falta de apetite, cólicas, histerismo, vermes intestinais, doenças do útero e dos ovários.

CANA-DE-AÇÚCAR - é tônica, mantém a força muscular; o melado é recomendado contra anemia, fraqueza do coração; 3 folhas em 1 litro de água fazem baixar a pressão; é recomendada contra tosse, cólicas renais, digestões difíceis, aftas e rachaduras dos seios.

CANA-DO-BREJO - é sudorífica, diurética, indicada contra sífilis, pedras na bexiga, inflamações dos rins, falta de regras; combate a arteriosclerose.

CANCEROSA - analgésica, cicatrizante, contra gastralgias; é diurética e dá bons efeitos nos males do fígado e rins.

CANELA - é usada em doces; é estimulante, contra regras adiantadas, eleva a pressão sangüínea; é para gente de fraca circulação, contra as afecções do estômago, elimina germens que atacam o couro cabeludo.

CANFOREIRA - é calmante e recomendada contra a tristeza, epilepsia, hemorragias uterinas, vermes; a casca é usada contra feridas e contusões.

CAPIM-CIDREIRA - é sedativo (calmante), faz suar, recomendado contra gases intestinais, perturbações urinárias, histerismo; tomá-la com muita freqüência enfraquece a pessoa.

CAPUCHINHA (ou Chaga-de-Cristo) - contém vitamina C, é purgante; as folhas e flores dão uma boa salada; é recomendada contra eczemas e males da pele, combate as caspas e melhora o cabelo.

CAQUI - o fruto é usado em cataplasmas, combate a anemia, afecções do estômago; é bom calmante (chá das folhas).

CARÁ - é indicado contra coqueluche, doenças das vias respiratórias, falta de memória, tosse, bronquite, contra coceiras, impinge, úlceras, feridas; é saudável misturar na massa do pão.

CARAMBOLA - os frutos e folhas são refrigerantes; combate a febre, é diurética, indicada contra eczemas (o fruto), afecções dos rins e bexiga; o chá das folhas é indicado contra diabete.

CAROBA - contra doenças da pele e sífilis; as folhas secas são indicadas para feridas e úlceras (tomar, aplicar e lavar); é diurética, contra dores reumáticas e nos ossos; é um dos melhores depurativos do sangue; combate as amebas intestinais.

CARQUEJA - é desobstruente do fígado, febrífuga, indicada contra anemia, fraqueza intestinal, perda de sangue; 10 g de carqueja, 10 g de fedegoso, 4 folhas de laranja e 10 g de sal e coar; remédio contra a tosse e útil na diabete.

CARRAPICHO-DE-CARNEIRO - contra dores do estômago e nos membros, diarréias, inflamação do pênis, gonorréias; bom para lavar feridas.

CARURU - contra afecções do fígado, usa-se a salada ou suco; é diurético; o caruru bravo é venenoso e com o chá da raiz se combate qualquer febre.

CASCA-DE-ANTA (ou catáia) - contra indigestões, dores no estômago, vômitos, hemorragias uterinas, prisão de ventre, anemia, fraqueza geral, abre o apetite; é muito usada para eliminar vermes do sangue, fazendo-se chá do pó da casca; cura sinusite e males da respiração; os antigos curavam o garrotilho dos cavalos colocando o pó no sal.

CASSAÚ - veja Cipó-mil-homens.

CATINGA-DE-MULATA - é indicada contra perturbações gástricas, febres, histerismo, reumatismo; bom para lavar feridas, na asma, tosse e bronquites.

CATUABA - é tônica na falta de potência sexual, neurastenia, sono agitado, memória fraca, estimulante, aperiente.

CAVALINHA ou CAUDA-DE-CAVALO - é ótima cicatrizante, indicada contra úlceras, cortes, contusões, feridas, desmancha cálculos ou pedras, combate as doenças das vias urinárias, rins e bexiga, ótima para combater hemorragias (vapores ou compressas), doenças do fígado, problemas gástricos (gastrite, úlceras etc.), combate a gota, é útil no tratamento do câncer, poderosa diurética; limpa impurezas do sangue e desintoxica o corpo; pode-se usá-la interna e externamente como chá, vapores, compressas e banhos; pode-se usar as folhas e o caule.

CHÁ-DE-BUGRE (ou guaçatonga ou carvalhinho ou pau-de-lagarto) - é diurético, indicado contra obesidade, emagrece, combate inchações das pernas, tem ação tônica sobre o coração, é estimulante da circulação, baixa a pressão, contra reumatismo, doenças da pele e sífilis.

CHÁ-DA-ÍNDIA - é eliminador da gordura, sudorífico, estimula os rins, é digestivo; fumando a erva, ajuda a tirar a dor de dente.

CHAPÉU-DE-COURO - é indicado contra moléstias da pele, reumatismo, sífilis, afecções dos rins e bexiga; é depurativo do sangue; ajuda a baixar a pressão alta e evita a arteriosclerose.

CHORÃO - é indicado nas gastralgias; o cozimento das folhas e cascas acaba com a queda dos cabelos e combate a caspa, é febrífugo, ajuda a enfraquecer os desejos sexuais; é um grande calmante (casca).

CIPÓ-ESCADA ou ESCADA-DE-MACACO - as suas folhas e cascas são empregadas para lavar toda sorte de feridas e úlceras e também contra as caspas da cabeça; seu chá é diurético e benéfico para os rins e bexiga.

CIPÓ-IMBÉ - as folhas pisadas ajudam a curar úlceras; o caule, raízes e folhas (após cozimento) aliviam o reumatismo com fricções ou se pode preparar em álcool; aplica-se em inflamações dos testículos.

CIPÓ-SÃO-JOÃO - é regulador das menstruações, calmante, cura manchas-brancas; o seu cozimento dá ótimos resultados para lavagens vaginais; extrai-se um óleo da sua flor para embelezar a pele.

CIPÓ-SUMA - é um dos melhores depurativos, contra moléstias da pele, manchas no rosto, dores volantes; é de efeito rápido nos eczemas úmidos e secos das crianças.

COCO - o seu suco oleoso é vermífugo; a manteiga de coco é boa para lábios rachados; a água do fruto verde cura a hidropisia.

CONFREI - ótimo fortificante, remineralizante, rico em proteínas, útil nas anemias; em casos de leucemia, aumenta os glóbulos vermelhos, tomando seu suco, chá ou em salada; ajuda a combater as febres e inflamações internas e externas; poderoso cicatrizante de cortes, feridas e úlceras. OBS: em excesso é perigoso para o fígado e rins; chá de1 folha por litro de água.

CORDÃO-DE-FRADE - estimulante, é indicado contra dificuldades de urinar, contra hemorragias, perturbações do estômago, asma e também para lavar feridas.

CORO-ONHA (ou olho-de-boi) - é boa para evitar derrame, também remove os defeitos do derrame; usa-se o pó da semente, menos que um grama por dia numa xícara com água quente, deixando esfriar e tomando aos poucos; é grande calmante dos nervos em casos de epilepsia e tônico dos nervos; cura também mal de Parkinson.

CORTICEIRA (ou mulungu - marrequeira) - a casca é calmante nas insônias e em todas as dores, boa para o fígado, contra hepatite; contra pressão alta, ajuda nas contusões, purgativa nos casos de prisão de ventre, o suco das folhas é contra dor de dente.

COUVE - o suco e a semente são contra vermes, afecções respiratórias e anemia; o suco em jejum facilita a cura de úlceras no estômago, doenças do ouvido como a surdez; as folhas pisadas curam feridas e o sumo tomado em xícaras abranda as hemorróidas; o talo colocado na pinga e tomado uma colher por dia ajuda a corrigir os alcoólatras.

DENTE-DE-LEÃO - depurativo, bom para o fígado e pele, melhora o sangue fraco, combate a falta de apetite e a prisão de ventre; seu suco tomado em água é um vantajoso fortificante dos nervos.

DOURADINHA-DO-CAMPO - é diurética nas dificuldades de urinar; bom para inflamações da bexiga e elimina as pedras; também cura os edemas e eczemas.

EMBAÚBA (ou caixeta) - provoca três vezes mais urina; das folhas se faz um xarope para tosse, asma, gripes, coqueluche; é tônica do coração e regulariza suas batidas; o suco da raiz cura úlceras cancerosas.

ERVA-CIÁTICA (ou erva-do-monge ou mata-boi) - é uma erva, com folhas em forma de pé de leão; usa-se esta erva para puxar o veneno do reumatismo para fora; esmagar as folhas e aplicar por fora das juntas, durante 30 a 50 min.; forma-se no local uma bolha amarela que vai se abrir até secar ou curar com alguma pomada.

ERVA-CIDREIRA - veja também a palavra capim-cidreira; indicada contra afecções do estômago, nervos, insônia, dores, desmaios, palpitações do coração, resfriados, contra gases; suas folhas frescas colocadas sobre as pálpebras aliviam a dor.

ERVA-DE-BICHO (ou pimenta-d’água) - é diurética, contra hemorragias gástricas, varizes; é aperiente e usada também na falta de menstruação, boa para fazer clisteres (lavagens intestinais).

ERVA-DE-LAGARTO - seu sumo serve para picadas de cobras, contra sífilis, reumatismo, coceiras e feridas rebeldes.

ERVA-MACAÉ (ou Santos-Filho ou rubim) - é ótima em qualquer embaraço do estômago, contra gripe intestinal, boa para lavar feridas, erisipela, doenças da pele, é diurética, contra inflamações internas e externas, hemorróidas e para os problemas de pressão alta; cura rápido uma desidratação.

ERVA-MATE - o chimarrão reanima forças corporais e do cérebro; dá resistência à fadiga, ativa a circulação; o mate cozido é bom para lavar feridas, é ótimo desinfetante, contra insônia, é sudorífico, tem efeito bom para o fígado e os rins; contém cafeína, por isso vicia e tomando demais ataca os nervos.

ERVA-DE-SANTA-MARIA (ou erva-de-bicha) - é um poderoso vermífugo; 1 colher de semente feito chá por dose, ou chá das folhas em jejum, combate doenças nervosas, hemorróidas, varizes, dores, indigestões; o suco cura manchas dos pulmões, facilita menstruações, toma-se ao fraturar ossos; contra vermes toma-se 3 dias seguidos de manhã ou à noite.

ERVA-TOSTÃO (ou pega-pinto) - contra inflamações da bexiga, congestão do fígado, cálculos biliares, icterícia, retenção de urina, ingurgitamento do baço, combate nervosismos.

ESPINHEIRA-SANTA - contra ulcerações do estômago, é cicatrizante, contra afecções da pele, feridas, é desinfetante, boa para os rins, acalma dores, neutraliza o ácido, é um remédio de grande valor.

ESPINHEIRO-DE-CARNEIRO - é bom contra asma e bronquite; a raiz toma-se em chá ou no chimarrão para corrigir o vício do álcool.

EUCALIPTO - é antiespasmódico, contra nefrites, combate as febres, gripes, diabete, bronquite, asma, gangrena pulmonar, males da bexiga, dor das cadeiras, reumatismo em fricções; mascar suas folhas tira a dor e inflamação da garganta.

FIGO - é bom alimento para os nervos; o seu cozimento serve para fazer gargarejos, cura gengivas e diabete, bom para eliminar cálculos dos rins e fígado; o chá das folhas é bom contra tosse; tira verrugas e calos com o seu leite.

FLOR-DA-NOITE - é chamada também de "tuna", combate os males do coração, causados pelo abuso do café, álcool e fumo; contra nervosismo, febres e resfriados e também contra dores de cabeça.

FUNCHO - é semelhante à erva-doce, anis; é aperiente, contra gases, é digestivo, é bom para crianças, sua raiz é diurética, aumenta o leite das mães, contra afecções das vias urinárias; guarde sementes secas em casa.

GENGIBRE - é excitante, digestivo; combate as cólicas e gases, gripes, tosses, bronquite; é usado pelos cantores; usa-se a raiz para fazer quentão na festa de São João.

GERVÃO - contra dores do fígado e estômago, febres, prisão de ventre; é diurético e é bom lavar a cabeça com o cozimento, facilita a menstruação, é tônico estimulante; o suco com sal aplica-se sobre tumores e furúnculos.

GIRASSOL - contra resfriados, hemorragia nasal, males do coração, dores do estômago, nervos, contusões e machucaduras.

GOIABA - suas folhas e cascas são contra diarréia, seus frutos contra tosses e bronquite, suas folhas em fomentos para contrair varizes; é eficaz em gargarejos e lavagens vaginais.

GUACO - contra reumatismo, albuminúria, nevralgia, dá excelente xarope contra a tosse, gripe; é indicado contra mordeduras de cobra;  cicatrizante e calmante em geral.

GUAXUMA - é supurativa, indicada em casos de urina presa, tosse, bronquite, é vermífuga (usar a semente); usada como cataplasmas no primeiro dia da menstruação dolorida, contra indigestões, amarelão (chá da raiz); é indicado também para baixar a pressão alta.

GUARANÁ - excita o coração, previne a arteriosclerose; é remédio para quem urina na cama, e contra nevralgias, diarréias, hemorragia; desinfetante intestinal.

GUINÉ - indicada contra afecções da cabeça, da vista, contra falta de memória, reumatismo, paralisia, estados nervosos; a raiz tira a dor de dente.

HORTELÃ - é estimulante, tônico, indicado contra a prisão de ventre, contra vermes, contra reumatismo, e usado também como calmante; com o bagaço limpa-se feridas.

IPÊ - é adstringente, cura úlceras, limpa o sangue, usado em banhos contra coceiras, recomendado contra doenças do útero e ovários, nevralgias, sífilis e inflamações da garganta.

JURUBEBA - é estimulante da secreção biliar, usa-se como tratamento do fígado, baço, contra catarro da bexiga, na hidropisia e é diurética.

LARANJEIRA - as folhas, flores e cascas são estimulantes, tônicas e sudoríficas (provocam suor); são indicadas nas contrações dos músculos, indigestões, cólicas, ciática, epilepsia e moléstias nervosas.

LARANJEIRA-MATO - é recomendada nas dores de estômago, cólicas, gases, contra tonturas e vômitos; é digestiva e limpa o sangue.

LIMA - as frutas são refrigerantes; é rica em vitamina C e indicada contra febres; diurética; o chá da casca e das folhas aumenta a pressão e combate as perturbações do estômago.

LOSNA - elimina os vermes e é recomendada para tratamento de menstruações difíceis (faz-se cataplasma sobre o ventre); combate a febre, dores no estômago, cólicas e problemas de fígado; não se deve abusar tomando demais, porque destrói os glóbulos vermelhos do sangue.

MACELA - usa-se contra indigestões, problemas de estômago, contra falta de apetite; usa-se o suco em casos de ataque epiléptico; é tônico e amargo; é indicado também em perturbações gástricas.

MACIEIRA - o chá das folhas nutre o baço e o sistema nervoso, produz sono calmo, é desinfetante para a boca.

MALVA - contra tosse, é calmante, cura males do estômago; indicada para banhos, gargarejos, inflamações da vista, dor de dente, inalações para dor de ouvido e das pálpebras.

MAMICA-DE-CADELA - é grande tônico; a casca combate dores de dente e de ouvido, bom contra mordeduras de cobras e é eficaz contra gazes e azia.

MANJERICÃO - indicado contra gases, é excitante, digestivo, combate fraquezas. O cozimento de suas raízes serve para estagnar o sangue.

MANJERONA - indicada contra fraqueza dos músculos e nervos; é aperiente, contra cólicas, incontinência dos instintos sexuais; serve também como cataplasma no reumatismo.

MALVÃO (ou bago-de-veado) - cura fístulas crônicas, hemorróidas, contra reumatismos (fazer banhos), males da bexiga, inflamações internas; evita o câncer (tomar); para crianças é indicado dar banhos e dar um pouco como chá.

MARACUJÁ - é calmante, contra dores em geral, combate insônia, é diurético, desinfetante; a semente e a raiz são vermífugas; os sucos são agradáveis refrescos.

MASTRUÇO - contra doenças do peito, bronquite, moléstias dos rins e do estômago; é diurético, contra o raquitismo; dá ótima salada, tem boa aplicação nos casos de quedas e machucaduras.

MIL-EM-RAMA (milefólia ou pronto-alívio) - é ótimo remédio contra todas as hemorragias (do útero, dos pulmões), vômitos com sangue, hemorróidas, diarréia com sangue, regras abundantes, mucosidades nos intestinos, catarro sanguinolento dos tísicos; pode-se associar com tansagem; as folhas e flores pulverizadas são aplicadas sobre feridas crônicas; alivia a dor de dente e do estômago.

NABO - é fortificante, combate frieiras (assado), contra tuberculose; as sementes são contra afecções da bexiga e do peito.

NOGUEIRA e NOGUEIRA-PECÃ - é sudorífera; sua raiz em banhos constantes combate o reumatismo; a casca torrada e bebida em vinho combate areia e pedras da bexiga; suas nozes são ótimo alimento para os nervos e para o crescimento; o chá das folhas limpa e fortalece o sangue; é indicada também para lavar os cabelos (casca da noz).

MORANGO (moranguinho) - as raízes, folhas e frutas são ótimo remédio contra inflamações dos rins, da bexiga e da retenção da urina; contra disenteria, azia, areias, gota e reumatismo.

OLIVEIRA - abre o apetite, é bom para quem sofre do peito; o seu azeite é muito usado em remédios e para fricções; o chá ou tintura das folhas ajuda a baixar a pressão alta.

PARIPAROBA (ou jaguarandi) - é chamada ainda de "caapeba"; indicada contra resfriados, bom para o fígado, baço, gastralgias e azia, contra úlceras, hemorróidas e é bom para baixar a pressão.

PATA-DE-VACA - é diurética, cura males dos rins, é depurativa, cura prisão de ventre; contra diabete (flores e folhas).

PAU-AMARGO - contra fraqueza do estômago, indigestões, febres intestinais, gases, diarréias, em casos de convalescença; o copo medicinal está em bastante uso: basta colocar uma lasca da casca ou lenho na água fria, em pouco tempo já se pode tomar; a experiência comprova sua eficácia na febre amarela, malária e os que sofrem de diabete.

PICÃO - contra reumatismo, afecções da bexiga e rins, males do estômago; o suco é indicado para curar feridas, icterícia, é desobstruente do fígado; é útil na diabete e inflamações da garganta.

POEJO - é tônico, excitante, contra as dores de barriga das crianças, contra gases; indicado na falta de menstruação, dores histéricas; seu chá com ovo é expectorante nas bronquites.

QUEBRA-PEDRA - combate catarros vesicais, cálculos do fígado, dos rins e da bexiga, contra dores de cadeira e das juntas, combate hidropisias.

QUINA - é febrífuga, tônica; combate afecções do estômago, fraqueza orgânica e diabete.

RABO-DE-BUGIO - é uma planta poderosa para combater as doenças da pele, dermatose e sarna; é muito usada como anti-sifilítico.

ROMÃ - é mineralizante, refrescante, combate a difteria, as inflamações gastrintestinais e das vias urinárias; o suco de romã é bom contra cólica, febres, más digestões, hemorróidas, afecções da garganta e anginas; o chá das flores secas e da casca é indicado contra leucorréia, diarréia, blenorragia (gonorréia) e também para fazer gargarejos e bochechos contra inflamações da boca, gengivas e garganta; além disso, é fruta comestível e boa para fazer refresco.

SALSA - é uma planta muito rica em vitaminas e sais minerais; indicada contra os males do estômago, dos rins, da bexiga, dos pulmões, inflamações dos olhos, dos intestinos, do fígado; abre o apetite (mastigar as folhas antes das refeições), combate o cheiro do alho (mastigando algumas folhinhas depois de comer alho), combate a hidropisia, é diurética, combate gases estomacais, limpa o sangue, é expectorante, combate a hemorragia nasal (amassar as folhas e introduzir no nariz), combate a febre (usando o suco das folhas); o chá das folhas cura facilmente a disenteria; é ótimo tempero; pode-se usar a planta inteira como remédio. OBS.: as mulheres gestantes e os bebês que só mamam não devem usar salsa internamente.

SALVA ou SÁLVIA - é usada contra debilidade nervosa, dor de cabeça, catarro pulmonar, inflamação da garganta e boca (fazer gargarejos e bochechos), afecções gástricas e intestinais, compressas sobre feridas; é estimulante e também afrodisíaca; contra má digestão (usa-se o chá quente), combate os gases estomacais; usa-se o chá quente contra os males das vias respiratórias (como catarro, bronquites, resfriados, tosse); usa-se as folhas e também as flores.

SANTOS-FILHO - Veja Erva Macaé.

SALSAPARRILHA - há várias espécies; é extraordinário depurativo do sangue, diurética e sudorífica; combate a sífilis, gota, reumatismo, dificuldades em urinar, pedra dos rins e bexiga, dores nos ossos e muitas doenças de pele (raiz); ajuda a digestão e aumenta o apetite; é usada nos casos de seios com o bico retraído, câncer dos seios, feridas e rachaduras nas pontas dos dedos; aumenta a força e o volume dos músculos sempre que se toma em pequenas quantidades; tomar demais provoca enjôos, salivação e diminui o pulso.

SETE-SANGRIAS - é uma erva e não confundir com a árvore sete-sangrias. Usada contra febres, moléstias venéreas, sudorífica, faz baixar a pressão e combate o colesterol, ajuda a emagrecer, fortifica o coração, limpa os intestinos e rins, é depurativo do sangue e alivia o reumatismo.

SUCUPIRA - precioso vegetal, usa-se a batata e a semente como depurativa, contra eczemas, manchas da pele, urticária, feridas, úlceras, hemorragias, reumatismo, doenças do estômago, fraqueza orgânica e nas hidropisias; contra diabete e age sobre os vasos linfáticos.

TAIOBA - para exterminar bacilos, bichos; destrói a carne podre nas feridas; é cicatrizante, usa-se a raiz ralada crua.

TAIUIÁ - é um remédio usado contra muitas doenças porque limpa o sangue, desintoxica o organismo; em geral se usa a raiz, mas pode-se aproveitar as folhas e os ramos; é amargo, digestivo, laxativo na prisão de ventre, combate as doenças da pele, úlceras, sífilis, reumatismo, paralisia, erisipela, obstrução do fígado, do baço, falta de menstruação; seus frutos são purgativos.

TANSAGEM (ou tanchagem) - na Índia é uma das ervas mais usadas pelas suas propriedades medicinais; é adstringente contra qualquer inflamação, dos ouvidos, dos olhos, das gengivas, da garganta, da faringe, do estômago, dos intestinos, dos rins e da bexiga; externamente se usa seu suco ou cozimento para curar feridas, doenças da pele, injeção vaginal, nevralgias das mamas; a semente serve para cataplasmas, cólica infantil, febres intestinais, gripes, apendicite crônica; as raízes são tônicas; pode-se usar a planta toda; os fumantes, tomando seu chá, têm nela um remédio para vencer o vício.

TUIA - imitante ao cipreste, árvore-da-vida; é conhecida como famoso remédio para combater excrescências esponjosas, pólipos uterinos e intestinais, verrugas; para gargarejos, erupções da pele, nevralgias da face, reumatismo, inflamações das gengivas, males do peito; eliminando crescimentos anormais no corpo, torna-se a tuia um preventivo contra o câncer, como o chá da calêndula e da avenca.

TUNA - veja Cacto.

VIOLETA - contra tosse, bronquite, sarampo, dores de garganta, conjuntivite, artritismo; é sudorífica; o chá das flores é recomendado para curar câncer e úlceras internas.

SABUGUEIRO - é um bom remédio (usado quente) para combater gripes, resfriados, tosses, sarampo, varíola, caxumba; elimina ácido úrico, cálculos renais, limpa o sangue, elimina toxinas, combate a gota, o reumatismo, a pressão alta, ótimo contra diabete, cura flebite e é bom para lavar feridas; usa-se as folhas e principalmente a flor para fazer chá; a raiz e a casca são fortemente purgativas.

Voltar